quinta-feira, 20 de julho de 2017

If Tomorrow Never Comes


Numa dessas noites frias de inverno
a solidão parecia zombar de sua cara
algo do tipo: eu bem que te avisei e 
você não quis acreditar!

Ele então criou seu ritual de resistência
pois se a solidão era o castigo
qual seria o pecado afinal?

Antes de adormecer entristecido,
todas as noites religiosamente
elevava seu pensamento e recordava da canção
do antigo amigo
sua única certeza era que seu filho sabia sim
de seus verdadeiros sentimentos
e isso a certo ponto o consolava
mesmo no frio havia ali
na simplicidade do momento
uma chama eterna
e intacta.

Renato Russo – If tomorrow never comes


sexta-feira, 14 de julho de 2017

The Dream is Over



John me visitou essa noite, dele ouvi a canção "God"...

Deus é um conceito
Pelo qual medimos
Nossa dor
Falarei de novo
Deus é um conceito
Pelo qual medimos
Nossa dor
Eu não acredito em mágica
Eu não acredito em I-ching
Eu não acredito em Bíblia
Eu não acredito em tarô
Eu não acredito em Hitler
Eu não acredito em Jesus
Eu não acredito em Kennedy
Eu não acredito em Buda
Eu não acredito em Mantra
Eu não acredito em Gita
Eu não acredito em Ioga
Eu não acredito em reis
Eu não acredito em Elvis
Eu não acredito em Zimmerman
Eu não acredito em Beatles

Apenas acredito em mim
Yoko e eu
E essa é a realidade
O sonho acabou
O que posso dizer?
O sonho acabou

Ontem,
Eu era o tecedor de sonhos
Mas agora renasci.
Eu era a morsa,
Mas agora sou John.
Então queridos amigos,
Vocês precisam continuar
O sonho acabou.


John Lennon - God

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Apóstolo São João


E às vezes a gente é surpreendido… Já faz tanto tempo, mas Renato ainda está por aqui...

Hey

O que é que é isso
O que faço aqui

Me lembro dos meus sonhos
E ainda não dormi

Números, Romanos, Atos e Juízes
Exôdo e Provérbios

O Apocalipse do Apóstolo São João

Teve Tiroteio
Me disseram eu não vi

Estava desligado
E não dá pra previnir

Hey babe deixa disso
Hey babe deixa disso

Ninguém veio aqui pra se machucar
Foi o dia da criança e aí ficou tudo bem

Detenham-no!
É um fugitivo!

Detenham-no!
É um fugitivo!

Bem-vindos a nossa mansão.
Espero que gostem dos seus aposentos...

Teve Tiroteio!
Me disseram eu não vi
Estava desligado
E não dá pra previnir

É um fugitivo!
É um fugitivo!

Teve Tiroteio!
Me disseram eu ouvi
Estava desligado
E não dá pra previnir

Babe deixa disso
Hey babe deixa disso

Apóstolo São João - Urbana Legion - Letra Inédita: Renato Russo


quarta-feira, 5 de julho de 2017

Os Pássaros e os Gibbs



Barry Gibb deve ser um cara um pouco tristonho, por ter presenciado o desaparecimento precoce dos seus três irmãos: Robin, Maurice e Andy, todos talentosíssimos, uma família que partiu da Austrália para ganhar o mundo.

Olhando sua apresentação no famoso Festival Glastonbury deste ano, bate certa nostalgia evidentemente, porém não seria justo com o sobrevivente dos Gibbs - um dos falsetes mais bonitos e afinados da história da música popular - reconhecer sua carreira hoje por este prisma. 

Disse um pouco triste, pois Barry Gibb teve o privilégio de vivenciar todas as fases dos Bee Gees e consequentemente, é testemunha ocular da saga dos Gibbs, isso por si só, torna Barry alguém abençoado e muito feliz!

Como diria um pequeno trecho da canção “O Amor” de Caetano Veloso:

Ressuscita-me
Quero acabar de viver
O que me cabe
Minha vida...
  
Dito isso, só me resta derramar em letras...

Como é bela a vida, quando paramos para olhar os pássaros voando juntos em direção ao calor. 

Barry Gibb, uma voz que ainda nos emociona.


Barry Gibb - Stayin' Alive (Glastonbury 2017)

sábado, 24 de junho de 2017

Oração


Vivendo em um mundo burocrata
Assistindo a decrepitude humana ao redor
Somente restaria a esse filho de Deus orar, clamar, pedir forças para seguir adiante...

Oração Sincera

Agradeço aos céus por não ser careta
Graças a Deus não sou um dedo duro
Nem tampouco, uma hiena retardada
Que sorri sempre, de tudo e de todos sem motivos aparente.

Obrigado pela poesia que vejo 
enquanto os covardes enxergam apenas problemas, sérios problemas, sobretudo se isso ameaçar  seus podres poderes!

Obrigado senhor por sentir ódio da covardia.
Agradeço-te por manter-me sob alguma sanidade em meio ao caos, a injustiça, a calúnia e, a difamação!

Obrigado por esse humilde servo detestar cumprir as ordens equivocadas dos patrões picaretas, usurpadores da alma de quem não compactua com a ignorância, e mediocridade das elites sociais e econômicas de nossos tempos.

Que Deus abençoe
Aos mansos de coração
Aos puros de desejo
Aos questionadores do sistema imundo deste mundo

Que não se curvam frente ao fanatismo do falso otimismo
Agradeço pela existência da música e dos artistas sinceros e trabalhadores

Senhor o que seria de nós se não fosse a arte,
O cinema, os livros, os discos e a poesia?
Por fim,

Rogai por nós senhor
Pecadores e sonhadores compulsivos
Incansáveis agitadores sociais
Agora e na hora de nossa morte,
Afasta de mim toda e qualquer forma de autoajuda
Agora e para sempre,
Amém!

Rita Lee - Saúde




domingo, 11 de junho de 2017

Clube do tempo


Tomo de assalto as palavras do poeta em letra e melodia.

Eis que agora são 48, metade de 96 que intuo jamais alcançar e não vejo nisso nenhum drama, nenhuma dor insuportável, nada que fuja do correr natural da vida, seja para o bem e, também se for para o mal.

“Não me iludo
Tudo agora mesmo
Pode estar por um segundo...”


Em dias atribulados, repletos de cinismos e retóricas capengas, Miltons, Gilbertos, Caetanos entre outros me parecem escolhas simples e poéticas para este dia...

Porque se chamava moço
Também se chamava estrada
Viagem de ventania
Nem se lembra se olhou pra trás
Ao primeiro passo, aço, aço
Aço, aço, aço, aço, aço, aço

Porque se chamavam homens
Também se chamavam sonhos
E sonhos não envelhecem
Em meio a tantos gases lacrimogênios
Ficam calmos, calmos
Calmos, calmos, calmos

E lá se vai
Mais um dia

E basta contar compasso
E basta contar consigo
Que a chama não tem pavio
De tudo se faz canção
E o coração na curva
De um rio, rio, rio, rio, rio

E lá se vai
Mais um dia

E lá se vai
Mais um dia

E o rio de asfalto e gente
Entorna pelas ladeiras
Entope o meio-fio
Esquina mais de um milhão
Quero ver então a gente, gente
Gente, gente, gente, gente, gente

E lá se vai
Vai
Vai
Vai

Milton Nascimento - Clube da Esquina nº 2


sábado, 10 de junho de 2017

As Fadas e a Menina


Havia naquele olhar um certo amargor, quase uma tristeza indomável acostumada a noites intermináveis e a sacrifícios comuns a quem não teve a sorte de nascer do lado oposto da ponte da cidade.

Questões geográficas determinantes, vida incerta, suor, lágrimas e um fio de esperança a cada quarenta minutos, mas lembre-se, é apenas um lampejo fugaz.

Ouviu no som ambiente a antiga canção, por um instante aquietou-se a alma, enxergou suas lembranças e até quase chorou, porém preferiu dar de ombros, afinal aquele era um conto de fadas e, as fadas neste caso não pagavam as suas necessidades para sobreviver. 

Zerou suas emoções e saiu para o grande salão, já estava pronta para mais uma rodada dos dados, pois nessa vida uma das alternativas é sempre apostar que o próximo jogo será o derradeiro e libertador.

Talvez seja esse o único sonho daquela menina. 


Odair José – Eu vou tirar você desse lugar

quinta-feira, 8 de junho de 2017

A claridade rompendo a noite


A certa altura da noite, já cansado de tentar dormir, resolveu abrir sua caixa nostálgica. A luz de velas, iniciou o ritual simples e heroico da leitura de seu passado.

Na dita caixa repousam cartas de amigos, parentes e amores da mocidade, além de alguns recortes de jornais com notas sobre suas apresentações em bares de jazz durante o século passado.

Após 20 minutos e algumas cartas e notas lidas, percebeu que quase nada na vida é capaz de transpor as emoções e a adrenalina contagiante experimentadas na juventude.

Retornou para a cama e repousou suas lembranças e emoções sobre o travesseiro na esperança de voltar a dormir e a sonhar.

Em sua derradeira casa neste mundo, hoje podemos ler a sua herança:

Sonhar é procurar esperançosamente pela luz!


Fats Navarro- Infatuation

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Kiss Me


Morrissey e seus felinos, Morrissey e suas belas canções.

Existe um lugar onde esse sujeito é muito feliz: sobre o palco!

Nós agradecemos!

Dedico esse post ao meu eterno amigo peludo, Bob que partiu alguns dias atrás após dezesseis anos de muitas alegrias e traquinagens.

Saudades...


Morrissey - Kiss Me Alot

quarta-feira, 24 de maio de 2017

sábado, 20 de maio de 2017

Professor


E lá se foi Kid Vinil, o professor de rock mais querido do país!
Que seu descanso seja ao som de muito rock!

Magazine – Eu sou Boy

sábado, 13 de maio de 2017

De Olhos Abertos


Helen adorava saborear o silêncio da madrugada. Notívaga por hábito e crença, naquela noite se pôs a folhear fotografias antigas de seu álbum de família.

Reviver, ou teimar em não olhar adiante?

Logo sobreveio uma sensação saudosista, nem mesmo a taça de vinho tinto à sua frente, pôde evitar as consequências desse passeio ao passado.

Quase cinco e quarenta da manhã, seu corpo parecia cansado pela dura prestação de contas e pedia apenas cama.

Deitou-se fechou os olhos e desejou sonhar. Dormiu no mesmo instante em que os primeiros raios solares despertavam a manhã de mais um dia. 


Billie Holiday - I don't want to cry anymore

sexta-feira, 12 de maio de 2017

If You Don't Want My Love


Que mundo imenso
Quase me perdi na esquina
Se não fosse o vento cortante
Tomaria por engano a rua escura

Meu rádio antigo enguiçou
Minha caixa de tranqueiras foi perdida
Minhas fitas k7 já não rodam mais como antes
Mesmo assim continuo ouvindo:

- If You Don't Want My Love

Mas que pena…
Pensei ter visto você passando aqui a pouco
O seu perfume, a silhueta 
Enfim, não era você
Mas sim o tempo aquele teimoso apressado  


Pego a minha capa de chuva
Visto meu pulôver cinza
Volto para a avenida sem muita a esperar
A não ser escutar um pouco mais a canção
Então uso o que me resta
Ligo meu walkman azul escuro
E ouço enquanto caminho em direção a ponte do cais:

- If You Don't Want My Love
- If You Don't Want My Love

Já valeu a caminhada. 

Ronnie Wood – If You Don't Want My Love


quinta-feira, 11 de maio de 2017

Vozes Búlgaras



As Vozes Búlgaras...
Um sopro de vida contra a desesperança
A luz que emana d’alma
Quando se tem apenas
A voz
Para interromper
Uma vida inteira
Composta por muitos silêncios...

“Le Mystére Des Voix Bulgares passa uma sonoridade pastoral - numa sugestão das próprias montanhas balcâmicas - em todo o mistério da civilização, arte e cultura de raízes de uma das regiões do mundo praticamente desconhecidas a nossos poluídos e colonizados ouvidos”.

Um presente divino!

The Magic of Bulgarian  (Nellie Andreeva)/Malka Moma / Little girl


terça-feira, 9 de maio de 2017

Layla


A vida bem que poderia ser como a guitarra de Clapton em Layla.
Um dia tudo passará, mas alguns sons me acompanharão até a distante eternidade...

Eu não indico
Eu não rejeito
Apenas digo:  
   
Sonhar
É ser livre
Independentemente de qualquer coisa

E é ao som de Layla 
que a tristeza esvanece 
findando a noite 
sem a luz de um sorriso. 

Eric Clapton – Layla


quarta-feira, 3 de maio de 2017

Tudo Outra Vez


Ficarei sempre com a memória da retina, guardada aqui dentro de minhas lembranças…

Aquele primeiro encontro no Theatro José de Alencar, num show repleto de emoções sinceras.

Admirei muito a sua coragem de deixar tudo para trás, para viver em paz seus derradeiros anos de vida, pois dessa vida levamos apenas o amor dentro de nós...

Saudades...


Belchior – Tudo Outra Vez

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Espera Silenciosa


Eu morri naquele dia. 

Quantas vezes precisaremos nascer de novo, nos reinventarmos, para seguir procurando por aquilo que jamais acontecerá?

Desesperança é a palavra da moda, talvez por causa de tanta cretinice solta pelos quatro cantos do planeta, talvez porque as pessoas mais sensatas (se é que elas de fato existem) estejam todas de férias, em uma espécie de século sabático, pois a guinada dos últimos anos é mesmo pra deixar qualquer ser um pouco mais crítico sem muita esperança.

Nessas horas, no entanto é bom se apegar a sutilezas, invisíveis, pequenas, mas saborosamente vivas. 

Tenho lido textos de Rubem Alves, sobre a vida, sobre a morte, sobre a esperança, sobre a falta de alento, sobre os filhos, sobre os mares, sobre as montanhas, sobre o amor...

Existem dias cinzentos e quietos, onde apenas ouço as vozes a lamuriar,
Entristecidas pela proximidade da morte.

Existem instantes em que mal consigo avistar o outro lado do rio,
Pois um nevoeiro teimoso parece me perseguir ...

Nesses dias não vejo nada,
Apenas o breu, porém sinto firmemente alguma espécie de poder
a guiar-me pela escuridão infinita.

E quase lá no final de tudo
quando de súbito abro os meus olhos
Tal qual um toque angelical eu antevejo
Os olhos e o sorriso lindo do meu filho...

Não sei se isso é uma ponta de esperança,
ou apenas mais uma poesia
para ler durante a espera silenciosa.


Depeche Mode – Poison Heart

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Signos


Ela me olhou no meio da rua, me chamou, mesmo não me conhecendo, parou e disse:

-Ei garoto (ganhei a década), qual é o seu signo?

-Eu... Sou de gêmeos.

Não, ela não falou nas malditas duas caras...

-Então vou ler o que os astros reservaram para você hoje:

Seu jeito alegre e divertido chama a atenção de todos ao redor. Como não suporta o engano, só vai entregar seu coração quando tiver certeza de que a relação vale mesmo a pena. Para chegar a essa conclusão, você vai passar horas conversando com seu pretendente, sobre vários assuntos, na tentativa de conhecê-lo melhor. Se o parceiro tiver o seu pique para buscar sempre novos interesses, o romance tem tudo para dar certo. Mas, se a relação cair na rotina, mesmo estando muito a fim, você vai sentir necessidade de buscar novas emoções.

Terminou a leitura e simplesmente desapareceu com a mesma rapidez que surgiu…

Depois disso o meu dia foi qualquer coisa, o que menos importava era o signo, mas fiquei rindo sozinho até o final da noite.


The Floaters - Float On

sábado, 8 de abril de 2017

Esses Humanos


Sim, eu escutei e foi hoje no final da tarde:

- Como alguém consegue ser reprovado numa matéria de humanas?
- Ah! Mas se fosse exatas, tudo bem! Mas humanas?

Pois é, uma garota adolescente comentava com seu grupo de colegas de escola sobre a “proeza” provavelmente de algum conhecido, desafortunado duas vezes: A primeira por ter sido reprovado e, a segunda porque o não êxito foi em uma matéria de humanas.  

Mas enfim, o comentário reverberou em minha mente de imediato, no seguinte raciocínio:

- Querida, um dia você descobrirá da pior maneira possível em sua jovem vida, que as relações humanas não possuem nenhum resquício lúcido de facilidade!

O ser humano é naturalmente complexo e, lhe dar com esse emaranhado de tramas e possibilidades jamais será algo fácil.

Nossa educação peca por não possibilitar aos jovens uma ideia mais realista do que são as relações humanas, sobretudo no mercado de trabalho. Aprender matemática pode não ser fácil, porém a compreensão humana é igualmente infinita e trabalhosa!

Fleet Foxes - Mykonos



quinta-feira, 6 de abril de 2017

Carrossel


Eu olhava aquele carrossel abandonado
Tão belo e inspirador...
Vasculhava então as minhas lembranças
Jogadas na lixeira cerebral há muito tempo atrás ...

Alguém passando por ali parou, olhou e disse em voz alta:

-Que lindo este carrossel! Lembra a minha infância.

Mas, hoje em dia as pessoas querem mesmo é andar na montanha russa, virarem de ponta cabeça e depois vomitarem...

Emoções tão baratas dominam este mundo vil
Onde o singelo cedeu espaço a pirotecnia ilusória...

Parece já estar na hora de restaurar a minha memória
Rode novamente o lindo carrossel!


Half Moon Run – Warmest Regards

sábado, 1 de abril de 2017

Alfie e Eu


“Vivemos essa troca incessante de luzes e sombras. Estamos perto de Deus e do Diabo. As pessoas estão enfraquecidas, muito zumbis. Drogadas pelo trabalho, pela televisão, na fronteira de uma morte coletiva. O homem não pode se separar da natureza. Ando muito só e assustado com tudo isso. Toda vez que desço à cidade, vejo as pessoas ruins emocionalmente, a crise não é apenas econômica...”.

Caio Fernando Abreu

Eu escutei a voz de Alfie que me sussurrava ao ouvido:

Without true love we just exist, Alfie.
Until you find the love you've missed you're nothing, Alfie.
When you walk let your heart lead the way
and you'll find love any day, Alfie, Alfie.

Têm dias em que ficar ouvindo a voz de Burt cantando Alfie, vale mais que qualquer volta lá fora, na escuridão.

Acho que um piano está arpejando os meus sentidos nesta tarde de sábado...

Burt Bacharach - Alfie

terça-feira, 28 de março de 2017

Liquefazer


E por onde anda a sobriedade

quando vemos apenas a simulação de afetos?

Este mundo e suas relações liquidas

não temos mais tempo para nada relevante

veja ali aquela fila enorme

claro que não trata-se de nenhuma doação

de amor
bondade
e respeito

é apenas mais uma fila para compra e venda

Meu filho me diz que me ama muito

ele só tem 4 anos

será que quando crescemos desaprendemos?

Preciso de você para me salvar...
Preciso de amor para sobreviver...

As estrelas cintilantes da infância estão lá fora nessa noite

E você por anda?

Gene - Save Me, I'm Yours



sábado, 11 de março de 2017

Ultra Violeta


I remember when we could sleep on stones
Now we lie together in whispers and moans
When I was all messed up and I heard opera in my head
Your love was a light bulb hanging over my bed…

Esse vídeo é devastadoramente belo
Essa canção é decididamente tocante
A interpretação de Bono eleva a minha alma
A guitarra de The Edge contagia
e
Acima de tudo
Ela me faz recordar de amigos tão queridos
E todos hoje estão distantes e ao mesmo tempo tão perto de mim...

Seja
Em São Paulo
Fortaleza
Londres
São Luís
Paris
ou
Maceió

Ou mesmo aqui em Itapetininga...
Sim
Ouçam a canção
E nunca esqueçam:
Eu Amo todos vocês...

Baby, baby, baby, light my way
(Oh, come on)
Baby, baby, baby, light my way

(Ultraviolet - ultraviolet)
(Ultraviolet - ultraviolet)


U2 – Ultraviolet (light My Way)