terça-feira, 30 de abril de 2013

Ela e Ele



Deve existir algum segredo, alguma porção mágica que não me deixe fugir das músicas do Suede...

E lá vai Brett andando no banco de trás do carro (ele não dirige) cantando a deliciosa (cool) She’s In Fashion, uma canção bem diferente para os padrões suedianos.

Brett conte para nós por que ela é fashion e sedutora.

Vitrola: Suede – She’s In Fashion

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Bluebird



Então é segunda e alguém pede a Rufus para enviar uma mensagem a Martha. Ao piano Burt arpeja e balança a cabeça, pois Martha não receberá a mensagem, mas pelo menos ouvirá a bela canção.

Spread your wings for New Orleans
Kentucky bluebird, fly away

Vitrola: Kentucky Bluebird- Rufus Wainwright e Burt Bacharach

sábado, 27 de abril de 2013

Tão Comum



Madrugada
a hora do silêncio...

sou um homem comum, tão comum
que os meus sonhos acontecem
enquanto todos dormem.

Vitrola: Peter Skellern - You're a Lady

quarta-feira, 24 de abril de 2013

son



Quando o tenho em meu braços
a minha única certeza
é que o meu mundo
agora é melhor, não há comparação
e já não faria sentido algum
este mundo sem você
meu pequeno tesouro.

Vitrola: Scott Weiland – Son


terça-feira, 23 de abril de 2013

Incerto



Eu queria tanto estender a mão
a quem por ventura esteja sem chão.

E lá no final do dia as revoadas de pássaros

Em contraste com o laranja do crepúsculo  
me avisam:

-ninguém está implorando por sua compaixão! Menos, menos...

I have a love, I have a dream, às vezes o meu dia é assim... noutros é melhor manter distância segura.

No sol do meio-dia eu procuro uma melodia para cantar,
ainda assim a luz daqui de dentro ameaça apagar sem aviso prévio, é o incerto com certeza fingindo não me ver.

Vitrola: Art Garfunkel – I Have Love

segunda-feira, 22 de abril de 2013

love over gold



You walk out on the high wire
you're a dancer on thin ice
you pay no heed to the danger
and less to advice
your footsteps are forbidden
but with a knowledge of your sin
you throw your love to all the strangers
and caution to the wind

And you go dancing through doorways
just to see what you will find
leaving nothing to interfere
with the crazy balance of your mind
and when you finally reappear
at the place where you came in
you've thrown your love to all the strangers
and caution to the wind

It takes love over gold
and mind over matter
to do what you do that you must
when the things that you hold
can fall and be shattered
or run through your fingers like dust

...É preciso amor em vez de ouro, dinheiro...
dizia a mulher esquecida na calçada da Av.Paulista.

Vitrola: Love Over Gold - Dire Straits

domingo, 21 de abril de 2013

Um Brinde



Passou batido! Abril de 2009, em meio a turbulências e muita vontade de mudar rumos decidi iniciar um blog. O Acervo pop foi uma cura, um recomeço, uma autoafirmação, ou um pouco disso tudo misturado a músicas, poemas, textos, ou apenas relatos do cotidiano mediante uma pitada de arte e cultura.

Lá se vão quatro longos anos que passaram bem rápido me deixando a nítida sensação de que pela primeira vez na vida fui além do planejado.  Os blogs não são mais a coqueluche da internet, mas e daí? Escrevo por prazer e mais nada. Nesse período muitas coisas mudaram, e hoje tenho certeza que este cantinho virtual possui a sua importância na minha vida.

Não sei até quando continuarei, pois tudo têm o seu tempo, e o de agora é a necessidade de ser um bom pai para o meu lindo filho. Hoje segurei as suas mãozinhas enquanto a minha mulher dava banho nele e, pela primeira vez e vinte e poucos dias ele não chorou no banho! Parece banal, mas a presença neste caso faz diferença porque fornece ao bebê alguma segurança e isso foi bem forte e bacana pra minha experiência de iniciante.

Então proponho um brinde ao acervo e a todos que por aqui passearam sem nenhuma pretensão além de ouvir música, ler alguns rabiscos e trocar sentimentos.

Vitrola: Meaghan Smith - Here Comes Your Man


sábado, 20 de abril de 2013

É Tarde



É tarde.
Vem à melancolia
Bate a saudade
Acaba a paciência.
Vou dormir
Sonhar talvez,
Quem sabe com a França
Com o filme que encanta
Com a atriz que emociona
Com o ator que seduz
Com a cena encantadora
Sou uma tela
A espera da luz
da projeção
Que venha então
O próximo rolo 
Para que enfim 
sonhemos.

Un homme et une femme, plus fort qui nous

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Escandinavos



Fim de semana. Cansado, tentando renovar as forças. Ser pai é um exercício que exige muito, é corpo, mente e espirito, tudo aqui e agora.

Vou ouvindo os reis escandinavos e sua tranquila melodia.


Vitrola: Kings Of Convenience - Misread

sábado, 13 de abril de 2013

Match Point



Às vezes, quase sempre, diariamente eu tenho vontade de gritar game over! Mas daí eu lembro de que para vencer o jogo é preciso vencer mais sets do que o adversário, somar mais games, ter uma média infinitamente superior de bolas vencedoras, para daí administrar o emocional e enfim após intermináveis troca de bolas sentir que venci!

Mas como é difícil o tempo do começo até chegar o tempo da vitória! Este intervalo minucioso é o que chamo de inferno...

Vez por outra bate um desespero de olhar ao redor e não enxergar, ser incapaz em projetar a desejada vitória. Isso sem contar os zumbis que cruzam a quadra a toda hora, tentando tirar-me do foco, daquilo que no final das contas fará tudo valer a pena.

Eu bem que já desconfiava, mas agora tenho a certeza: A paternidade não tiraria de mim essa sensação impactante de deslocamento, da miserável e abençoada inadequação social.

Eu sinceramente pressinto uma benção, porque quando olho ao meu redor... Ah! Quanta gente fraca meu senhor!!
Pessoas que aceitam o inaceitável em troca de nada... Bem... esses zumbis jamais entenderão as minhas razões, o meu não contentar com o status quo seja lá do que for!

Ah! Você é do contra!!!! Não sou não pessoal, eu sou Oscar Wilde dizendo em letras garrafais e usando um alto falante bem potente em seus ouvidos:

"Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe", portanto o azar não é meu!

Puxa, que alivio!
Vou sacar para fechar o jogo em 6X0... Match Point! GAME OVER BABY! 

Ps: Robôs e zumbis enfiem suas opiniões goela abaixo, eu NÃO preciso delas!


Vitrola: The Style Council - Paris Match (versão rara com letra em francês ao final).

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Serenata



Na acanhada e singela casa
havia uma luz:
o pequeno sorriso da criança.

E isso sim resplandecia!

Vitrola: Schubert "Serenade"

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Dorothy Desabafa



Ah! Mas deve existir mesmo
algum lugar entre os universos
o daqui e o da puta que te pariu
em que as pessoas
olhem em sua direção
e não vejam ali, justamente ali,
a chance sem comiseração
de tirar algum proveito (muito lucro)
explorando a tua alma até o talo
arrancando o teu coro e teu sangue
destruindo sem o mínimo estupor
suas baterias antiaéreas
seus ritos mais sagrados
suas reservas de dignidade
estocadas por anos, décadas, milênios a fio.

Eu não desisto assim tão fácil...

Mas deve mesmo existir algum recanto
nessa imensidão embrutecida
onde um telemarketing existencialista
ligue para o teu celular e não te ofereça absolutamente nada,
nenhum produto supérfluo
nenhum sistema de bonificação,
nenhum programa de fidelidade ao cão
nenhum sonho vagabundo de sucesso
nenhuma mentira reticente...
nenhuma verdade claudicante
nenhuma fé violável pela grana
nenhum milagre cientifico
nenhuma promoção injusta
mas apenas e simplesmente
uma pergunta:


-Fulano de tal, você é feliz nesta vida?

As poças da chuva de hoje à tarde
respingaram em meu ego
inundaram o meu trôpego musculo cardíaco
e abriram uma enxurrada represada de lágrimas,
agora, neste instante
eu sou um vale de lágrimas!
Eu sou o que não queria ser!

Mais tarde acordarei e já estarei novamente
em minha cama no Kansas.

Vitrola: Cibelle – Sad Piano

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Sorrisos e Melancolia



Numa quarta-feira de videoarte e discussões sobre arte contemporânea. Vale uma olhada nos trabalhos dos artistas Alberto Bitar, “Sobre Distâncias e Incômodos e Alguma Tristeza” – de uma sutileza comovente sobre a ação do tempo nos seres humanos, e ainda Thomas Sipp no primoroso e lindo “Le Jour dês Frites”, pois afinal todos nós temos nossas fritas, e nossos pequenos prazeres libertários nesta vida.

Como contraponto eu deixo rolar o som descartável e gostoso de Lily Allen, sorrisos a todos no resto da semana!

Vitrola: Lily Allen - Smile

domingo, 7 de abril de 2013

Escutei no Rádio



Ouvi no radio do carro enquanto retornava do primeiro passeio do Gustavo a casa dos avós paternos, um domingo de pai diria alguém...

Como é linda a canção e a frase abaixo,

God only knows what I'd be without you

Vitrola: The Beach Boys – God only knows

sábado, 6 de abril de 2013

Sábado de noite



Sempre que ouço esta canção me vejo na seguinte situação: Um passeio pelas ruas da antiga Paris em uma manhã agradável de primavera...

Pequenos delírios grandes momentos!

Então vou deixar Tracey me conduzir ao mundo real dos sonhos, antes do banho sagrado do pequeno Gustavo.

Sem dúvida essa é uma nova modalidade de sábados à noite.

Vitrola: The Paris Match ( Tracey Thorn) - The Style Council

terça-feira, 2 de abril de 2013

Suave



Suave e manso este som da Devendra Banhart intitulado Daniel, mas poderia ser Gustavo, um bebê tranquilo, meigo e suave...

Vitrola: Devendra Banhart - Daniel