segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Leon Cakoff



Do que seria feito este mundo sem os sonhadores? Autênticos arquitetos das esperanças humanas.

Poderia iniciar assim uma homenagem a Leon Cakoff (1948/2011).

Mas a sala de cinema hoje parece vazia, a Mostra Internacional de São Paulo está honestamente contida, a praça do Cinema Paradiso ficou desamparada...não há ninguém nas ruas.

Todos cultivamos nossos próprios sonhos, mas algumas pessoas parecem nascer com a delicada missão de colocar emoção, sorriso, sentimentos nos olhos alheios, de estranhos, amigos, familiares.

Leon partiu, parece que sua instrução era deixar-nos confortáveis em salas escuras, confundindo a vida real com aquela magia repaginada que só os filmes podem nos condenar a sentir. Pessoas assim são imprescindíveis, porque sonhar é mover moinhos, e viver é bem mais duro que isso.

Que os ventos soprem por aí...

Trilha Sonora
Artista: Chris Botti (with Yo-Yo Ma)
Música: Cinema Paradiso

2 comentários:

jacqueline du pré disse...

que bonita e merecida homenagem ao leon. conversei brevemente, em dois momentos da minha vida, com cakoff. mesmo o conhecendo muito pouco, tenho certeza absoluta que ele adorou esse singelo tributo.

fiquei impressionado de nunca ter ouvido yo yo ma interpretando essa versão de 'paradiso'. lindíssima!

assisto constantemente as apresentações desse violoncelista que nasceu no mesmo dia que eu sendo que em paris no auge do outono (com cheiro de jasmim nas ruas) e uns quinze anos antes de mim (que nasci na 'primavera' dos trópicos).

o "dueto" do violoncelo com o trompete é angelical e solene. morricone também deve ficar orgulhoso.

essa postagem não é apenas uma homenagem ao leon. é um presente que ganhei nesse meio de manhã em pleno outono nas ruas e na minha alma. uma dádiva para todos os leitores anões ou não do tédio...

"suavemente andas sobre os meus sonhos"...

Jonathas Nascimento disse...

Jacqueline,

O cheiro de jasmim, a música de Morricone na bela interpretação de Yo Yo Ma, não deixam de ser uma justa homenagem, com certo atraso, mas com carinho a vc.